Enivaldo Ribeiro revela traição de Romero Rodrigues nas eleições de 2016 após acusações contra Daniella: “Aguentei calado”; OUÇAPBAGORA

Presidente do Progressistas na Paraíba, o ex-vice prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, reagiu, durante entrevista ao Sistema Correio, nesta quarta-feira (06) às insinuações de traição propaladas pelo ex-prefeito Romero Rodrigues (PSC) contra a senadora Daniella Ribeiro por conta da mudança no comando do PSD.

Na entrevista, Enivaldo resolveu revelar a traição realizada por Romero, ainda nas eleições de 2016, quando o então prefeito, candidato à reeleição, o convidou para ser vice prometendo o comando de duas Secretarias, a de Educação e a da Ação Social, em reunião com as presenças de Cássio e de Aguinaldo, em Brasília, e não cumpriu o compromisso. Enivaldo disse que, nem por isso resolveu sair falando que o prefeito era um traidor que não cumpre com a palavra.

“Tomara que você acabe com esse negócio. Eu preferia continuar como amigo, mas a gente tem que dizer a verdade, você foi quem puxou. Se você quiser eu vou contar a história de como eu fui vice-prefeito, que eu não queria ser, porque nesse cargo ninguém nomeia ninguém, não faz nada, é difícil, e eu tinha dificuldade de ser vice depois de já ter sido prefeito, mas fui porque você assumiu compromisso comigo, em reunião em Brasília, com presença de Aguinaldo e Cássio e outros e naquela hora você prometeu a Secretaria de Educação e a de Ação Social e não cumpriu nenhum dos dois e eu não fui falar que você não tinha palavra, eu aguentei calado”, desabafou.

OUÇA

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA

A fala de Enivaldo pode ser conferida a partir dos 55 minutos do programa.

PB Agora