Lígia diz que mantém pré-candidatura ao Governo da PB para garantir palanque a Ciro; nacional não confirmaPBAGORA

A vice-governadora Lígia Feliciano, do PDT, garantiu, em mensagem enviada ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta sexta-feira (08), que segue na condição de pré-candidata ao Governo da Paraíba nas eleições desse ano, apesar da movimentação da nacional em abortar a postulação.

Segundo ela, a agenda de visitas a aliados seguirá na próxima semana como fito de garantir um palanque para Ciro Gomes no Estado. A gestora, no entanto, não informou se irá marcar presença no ato pró-Ciro, programado para este sábado (09), em Campina Grande e em João Pessoa. Lígia também ainda não conta com nomes para figurar como companheiros de chapa na pretensa candidatura.

O estremecimento envolvendo o PDT na Paraíba aconteceu após a mudança de partido por parte do deputado federal Damião Felciano, que migrou para o União Brasil, sem avisar a executiva nacional do PDT, no apagar da janela partidária. Damião deixou a legenda sem conseguir formar nenhuma chapa proporcional para que o partido tivesse chances de concorrer, seja para Câmara Federal, seja para Assembleia Legislativa da Paraíba.

Apesar da pretensão de Lígia, a executiva nacional não confirmou a manutenção da postulação da vice-governadora. De acordo com o presidente nacional da legenda, Carlos Luppi, uma reunião nos próximos dias deverá tratar, justamente, da retirada da postulação do partido por conta da rasteira sofrida.

PB Agora