PF vai à Câmara após “apagão” na votação da PEC kamikazeO Antagonista

Agentes da Polícia Federal foram à Câmara dos Deputados ontem à noite, após a internet e o sistema da Casa apresentaram inconsistências. Os problemas ocorreram durante a votação da PEC kamikaze. Como mostramos, após o apagão, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu suspender a continuidade da votação. O processo será retomado nesta manhã.

Lira solicitou que a PF investigue o caso e disse à TV Globo ter pedido um relatório para mostrar se o problema nos servidores foi causado por ação interna ou externa .

Agentes Polícia Federal chegaram ao Complexo Avançado da Câmara por volta das 22 horas de ontem e deixaram o local pouco depois das 3 horas desta quarta (13). Eles não falaram sobre as apurações feitas nos servidores da Casa.

Lira solicitou que a PF investigue o caso e disse à TV Globo ter pedido um relatório para mostrar se o problema nos servidores foi causado por ação interna ou externa .

Agentes Polícia Federal chegaram ao Complexo Avançado da Câmara por volta das 22 horas de ontem e deixaram o local pouco depois das 3 horas desta quarta (13). Eles não falaram sobre as apurações feitas nos servidores da Casa.