VÍDEO: Coordenadora da UTI pediátrica detalha estado de saúde de menino que sofreu acidente em CajazeirasDiário do Sertão

A Drª Noadja Andrade, coordenadora da UTI pediátrica do Hospital de Trauma de Campina Grande, deu detalhes na manhã desta segunda-feira (11) sobre o estado de saúde do menino de 8 anos de idade que sofreu um acidente automobilístico na rodovia estadual PB 393, entre os municípios de Cajazeiras e São João do Rio do Peixe, no final da tarde do último sábado (09).

Segundo a profissional de saúde, seu estado é grave, porém estável. Ela explicou que ele teve um traumatismo de maior intensidade, mas não sofreu fraturas nem hemorragias. A médica disse que ele permanece na UTI pediátrica em ventilação mecânica sob sedação, e recebendo todo tratamento intensivista juntamente com neurocirurgião.

Drª Noadja enfatizou que a Pressão Arterial (PA) está mantida normal sem ser necessário uso de medicamentos, falou que a Perfusão, que é o mecanismo que bombeia sangue nos pulmões, está boa, e ressaltou também que sua temperatura está mantida sem alterações.

LEIA TAMBÉM:
Criança que sofreu acidente entre Cajazeiras e São João é transferida para Campina e estado de saúde é graveVÍDEO: Mãe e filho de 8 anos ficam feridos após carro capotar entre Cajazeiras e São João do Rio do Peixe

CONSCIÊNCIA

A médica acrescentou que não tem como afirmar nada por enquanto sobre o nível de consciência do paciente. “Não podemos falar sobre o nível de consciência, ou seja, o seu despertar, porque ele está sob sedação profunda que é recomendação, para que esse cérebro que sofreu uma lesão grave possa vir a desinchar mais rápido possível”, frisou.

SEQUELAS

A pediatra destacou ainda que não é possível também relatar nada sobre possíveis sequelas, mas adiantou que o tratamento tem base justamente em evitar consequências negativas na vida da criança.

“Está sob uma conduta direcionada para que nenhuma lesão secundária possa acontecer que se agrave da lesão inicial”, explicou.

O acidente ocorreu por volta das 17h20 deste sábado (09) – foto: reprodução/redes sociais

O ACIDENTE

O acidente aconteceu na rodovia estadual PB 393 entre os municípios de Cajazeiras e São João do Rio do Peixe, no final da tarde do último sábado (09).

De acordo com dados do policiamento de trânsito da Polícia Militar, mãe e filho seguiam no automóvel quando a genitora, a qual dirigia o carro, teria feito uma ultrapassem em local proibido.

Conforme o relato, os dois veículos seguiam no mesmo sentido, de São João para Cajazeiras, quando ao chegar em um determinado local, a condutora do carro pequeno foi ultrapassar um ônibus de uma empresa de turismo, e acabou perdendo o controle e bateu em um barranco que estava à direita da rodovia, vindo a capotar em seguida.

Dados policiais informaram que no referido local há faixas contínuas, ou seja, é proibida a ultrapassagem.

As vítimas ficaram presas nas ferragens e foram retiradas e em seguida socorridas pelo Corpo de Bombeiros e pelo SAMU para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

O resgate foi feito pelo Corpo de Bombeiros – foto: divulgação/5º BBM

TRANSFERÊNCIA

De princípio, a criança foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e conforme a corporação, o menino estava inconsciente e seu estado de saúde era grave com suspeita de TCE (Traumatismo Crânio Encefálico).

Ele saiu do local conduzido por uma viatura dos bombeiros e durante o percurso foi feita a troca para uma ambulância do SAMU, USA (Unidade de Suporte Avançado).

O paciente deu entrada no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), mas devido ao agravamento do caso, teve que ser transferido para Campina Grande ainda na noite do sábado (09).

MÃE

Já a mãe do garoto, uma mulher de 43 anos, assistente administrativa, foi socorrida por uma viatura do SAMU e segundo a assessoria do Hospital Regional de Cajazeiras, ela teve fratura de fêmur e ficou internada no hospital sob os cuidados da equipe médica.

Ao Diário do Sertão, já na manhã desta segunda-feira (11), o HRC informou que o Quadro de saúde da paciente é estável, sem alterações. “Continua interna na unidade aos cuidados da equipe”, relatou a assessoria.

DIÁRIO DO SERTÃO

Leia mais notícias no www.diariodosertao.com.br, siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Play Diário. Envie informações à Redação pelo WhatsApp (83) 99157-2802.