Daniella nega acordo entre o PSB e o PP para 2026 e avisa: “Não temos pressa para abordar esse tema”PBAGORA

A  senadora Daniella Ribeiro (PSD) abordou especulações sobre a possível sucessão no governo da Paraíba, durante entrevista à imprensa essa semana, e desmentiu a existência de compromissos firmados para que seu filho, o vice-governador Lucas Ribeiro, assuma o cargo de governador e dispute a eleição em 2026.

Daniella Ribeiro afirmou categoricamente que não há nenhum acordo prévio com o governador João Azevêdo (PSB) ou seu grupo político em relação a essa questão. Ela esclareceu que a possibilidade de Azevêdo deixar o governo antes do término do mandato não foi discutida, mesmo durante a formação da chapa para a reeleição em 2022.

“Não temos pressa para abordar esse tema, já que as eleições ocorrerão em 2026. Respeitaremos a decisão pessoal do governador, que envolve sua família, amigos e pessoas próximas a ele”, destacou a senadora.

Daniella ressaltou que, em qualquer cenário, seu grupo político já conquistou seu espaço, enfatizando o reconhecimento da população pelo trabalho realizado, tanto por ela quanto pelo vice-governador. Ela expressou confiança de que as avaliações dos partidos aliados, PSD e Progressistas, ocorrerão naturalmente em 2026.

A senadora também mencionou estar em constante diálogo com representantes dos partidos que compõem a aliança de Azevêdo, não identificando sinais de falta de confiança em Lucas Ribeiro. Dessa forma, ela descartou qualquer arrependimento em relação ao apoio à chapa nas eleições de 2022.